Bio3 apresenta estudos nos EUA

A Bio3 foi a única representante nacional e uma das poucas europeias na VIII Conferência da National Wind Coordinating Colaborative (NWCC), que decorreu entre 18 e 21 de Outubro em Denver, Colorado.

A empresa de consultoria, investigação e sistemas de informação em biodiversidade, integrou o painel de oradores com Teresa Marques que apresentou um método desenvolvido pela Bio3 para compatibilizar a instalação de parques eólicos com a comunidade de aves de rapina ameaçadas presentes num dado local e, ainda, com a Doutora Regina Bispo, que apresentou uma nova aplicação Web para o cálculo dos factores de correcção utilizados nas fórmulas métricas para obter estimativas fiáveis de mortalidade de aves e morcegos em parques eólicos. Foram ainda apresentados mais dois trabalhos desenvolvidos pela empresa, nomeadamente o projecto “Cão-Biólogo” e um resumo dos resultados dos cinco anos de monitorizações realizadas pela Bio3 em parques eólicos nacionais.

Hugo Costa, sócio fundador da Bio3 refere que “a oportunidade de participarmos nesta conferência Internacional enche-nos de orgulho, pois a selecção das nossas apresentações entre várias dezenas que tentaram participar foi um reconhecimento muito importante do trabalho que a Bio3 tem vindo a desenvolver na área da energia eólica. Se, por um lado, representa a excelente repercussão que o nosso trabalho começa a ter a nível internacional, por outro, deu-nos a oportunidade de partilhar com algumas das entidades mais importantes do sector os métodos e ferramentas de trabalho que temos vindo a desenvolver para compatibilizar a energia eólica com a conservação e gestão da biodiversidade. Estamos na linha da frente daquilo que se está a fazer e a desenvolver nesta área e, através do desenvolvimento de soluções inovadoras, estamos a marcar a nossa diferença.”

Na conferência, que contou com a presença de 300 participantes, foram apresentados os trabalhos mais inovadores que estão a ser realizados nos EUA e noutros países acerca da temática, tendo sido definido o rumo que deve ser seguido nos anos vindouros.

Com periodicidade bi-anual, a última edição da NWCC contou com a participação de entidades notáveis como as Universidades de Wisconsin, Texas e Illinois, a Bat Conservation International, o U.S. Fish and Wildlife Service, assim como dos principais especialistas mundiais no estudo dos efeitos da energia eólica na biodiversidade.
Quarta, 27 de Outubro de 2010
YouTube Facebook Twitter Linked In
Bio3 - Na Vanguarda da Biodiversidade
Fechar